4 Regras Gramaticais Que Qualquer Pessoa Que Fala Inglês Deve Saber - Melhores Dicas de Inglês
Connect with us
4 Regras Gramaticais Que Qualquer Pessoa Que Fala Inglês Deve Saber

Dicas Para Aprender Ingles

4 Regras Gramaticais Que Qualquer Pessoa Que Fala Inglês Deve Saber

“Grammar is important but big biceps are importanter.”

 Ugh! Alguém ouviu esse som de pneu sendo esticado ao máximo enquanto lia essa frase? Se você ouviu, então isso é bom – por duas razões. Primeira: você pode, obviamente, reconhecer uma gramática ruim quando você ouve, e segunda: você se importa em falar Inglês bem e reconhece a importância de uma boa gramática (Não que grandes bíceps não sejam importantes).

No entanto, este artigo não é sobre esculpir os seus braços na academia, por isso vou direto ao assunto… O seu objetivo como um aluno de idiomas é falar como um nativo, se lembre:

Falar Inglês bem requer uma boa gramática também.

Em outras palavras, suas habilidades em gramática são um reflexo direto do seu nível geral de fluência. Isso quer dizer que, enquanto você pode soar como um bom orador em Inglês para os outros, você ainda pode precisar trabalhar na sua gramática, para fazer essa pronúncia perfeita e sotaque incrível soarem como um casamento feito no céu para os ouvidos de todo mundo.

Para ajudá-lo a falar melhor Inglês, aqui estão quatro regras gramaticais que você simplesmente deve saber:

Saber a diferença entre “a” e “an”.

Sim, isso ainda é um problema. A maioria dos estudantes de inglês acham que se uma palavra (substantivo ou adjetivo) começa com uma consoante, ela é automaticamente precedida com o artigo “a”, por exemplo, “a dog”, e se começa com uma vogal, ela é precedida por “an”, por exemplo, “an airport”.

No entanto, esta regra revela apenas 90 por cento da verdade. Aqui está a prova:

an NBA player vs. a nest (Ambas as palavras começam com a consoante “n”)

an umbrella vs. a used car (Ambas as palavras começam com a vogal “u”)

No entanto, todos esses quatro exemplos estão corretos. Quanto à forma como isso é possível, é pela batalha entre som e letra. Por exemplo, o “U” em umbrella começa com o som de vogal / ʌ / enquanto o “U” em “used” começa com o som de consoante / j /. O mesmo acontece em outro exemplo, com a letra “n” e as suas diferentes pronúncias.

A pronúncia importa, Gente!

Veja como fazer isso: Sempre que você estiver pensando sobre qual artigo usar (“a” ou “an”), basta olhar para o som da primeira letra da palavra seguinte, e não apenas para a primeira letra em si. Pode haver uma diferença enorme.

Assim, a regra pra se lembrar é: Se uma palavra (um adjetivo ou substantivo) começa com o som de uma consoante, ela é precedida com o artigo “a”. Por outro lado, se uma palavra começa com o som de uma vogal, ela é precedida com o artigo “an”.

Domine as formas verbais do passado.

Isso pode ser uma armadilha para quem está começando a aprender gramática inglesa – uma que você pode nunca sair de verdade. Mesmo se você falar Inglês sendo altamente proficiente, se você deslizar e dizer: ” I didn’t thought it mattered ” vai custar muito a você! O tempo pode passar e você pode esquecer, mas outros certamente não irão.

É o erro dos erros. Eu sempre digo aos meus alunos:

Saber as formas verbais no passado em Inglês é metade do seu trabalho.

Ao longo dos anos, eles crescem para perceber que a afirmação acima não poderia estar mais perto da verdade. É apenas algo que nós, como estudantes de inglês, temos que usar naturalmente e sem problemas se quisermos ser considerados bons falantes de inglês por outras pessoas.

Nunca ponha ações de hábito na forma de gerúndio.

A menos que você seja o Justin Timberlake ou um representante de marketing do McDonald’s de algumas décadas atrás, “I’m loving it” não vai soar legal. Pelo contrário, um dos principais usos do presente simples é, de fato, para descrever ações e rotinas habituais – algo que todos nós provavelmente aprendemos nas nossas primeiras aulas de inglês.

Eu concedo isso, “loving” alguma coisa não é necessariamente um hábito, mas a questão permanece: por que estudantes de inglês ainda usam a forma -ing, conhecida como gerúndio, para descrever ações habituais?

I go to school every day.

I’m going to school every day.

 I always forget my keys when I’m in a hurry!
I’m always forgetting my keys when I’m in a hurry!

Você nunca deve usar o gerúndio para descrever ações de hábitos em Inglês… exceto em um caso (muito específico).

Não são muitos os estudantes de inglês que sabem disso, mas usar o gerúndio para descrever hábitos é, na realidade, possível. Você pode fazer isso quando você quiser falar sobre algo que te incomoda – e não apenas uma coisa chata, mas algo que realmente te deixa estourando!

Mom, Jenny’s always hitting me when I speak with Veronica!
But teacher, he’s the one whispering to me!

Parabéns! Você já sabe mais um dos nossos amados segredinhos do Inglês. Mais uma regra para cobrir…

Conheça as suas vírgulas.

 Enquanto a pontuação pode não ser considerada uma parte tradicional da gramática, uma pessoa não pode ter a gramática perfeita sem ela. No entanto, para o presente artigo, vamos focar apenas nas vírgulas, que são um “tenho que saber” para quem fala inglês.

Embora há muito a ser dito sobre os erros que cercam este símbolo minúsculo usado ​​para deixar a sua escrita mais bonita Eu gostaria de mencionar o fato de que ele está rapidamente se tornando uma das maiores ameaças à nossa sociedade. Em outras palavras…

O (des)uso das vírgulas, hoje em dia, está ficando perigoso.

Não acredita em mim? Por favor, dê uma olhada neste exemplo básico a seguir:

Let’s eat grandma! (A vírgula alimenta o apetite)
Let’s eat, grandma!(A vírgula salva a vida de alguém)

Lição: Ame os seus avós e conheça as suas vírgulas ou você pode se meter (e meter os outros) em muitos problemas.

Fora todas as regras mencionadas hoje, eu acho que é seguro dizer que as vírgulas são a única área da gramática inglesa que você nunca vai querer errar.

 Concluindo…

Nós cobrimos muita coisa aqui, mas há algumas lições importantes a serem aprendidas. Primeiro, você deve entender a importância de falar bem. Cuide da sua gramática em inglês. Saiba o que você pode sempre dizer e o que você nunca deve dizer. E então, você pode se preocupar sobre o crescimento dos seu bíceps se isso é “importanter” para você.

Um homem sábio disse uma vez:

A maior parte dos problemas do mundo são devido a questões de gramática. – Michel de Montaigne, The Complete Essays

E ele não poderia estar mais certo!

Até a próxima vez, feliz aprendizado pessoal!

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Newsletter Signup

Inglês.TIPS © 2019. Todos os direitos reservados.-· Termos de Uso - Política de Privacidade - Conteúdo autoral, vigiado e protegido pelo DMCA. Proibido copiar e/ou reproduzir (todo ou em partes) sem autorização prévia.

DMCA.com Protection Status

Newsletter Signup

Pin It on Pinterest

Share This